Mourinho avisa que nenhum jogador do Manchester United é intocável

| Futebol Internacional

|

O treinador José Mourinho garantiu que nenhum futebolista do Manchester United é intocável, elogiando ainda o período de cinco jogos consecutivos sem perder.

"Acho que o único intocável que deve haver na nossa equipa é o espírito, o compromisso, o orgulho e o respeito pelos adeptos. Isso tem de ser intocável, não os jogadores", avisou, na véspera de defrontar os turcos do Fenerbahçe na Liga Europa.

O técnico português contornava a questão sobre o 'capitão' Wayne Rooney, de 30 anos, que tem visto diminuída a sua influência na equipa, na qual foi titular pela última vez em setembro, na Taça da Liga, no triunfo frente ao modesto Northampton.

"Rooney está a trabalhar bem. É um dos responsáveis pelo bom ambiente que se respira, porque é uma pessoa positiva e um grande exemplo para todos. Foi convocado e só no início saberemos se a titular ou no banco", disse.

Segunda-feira, o Manchester United empatou 0-0 em casa do Liverpool, no que foi o quinto desafio sem perder, o que não evitou criticas ao futebol da equipa por parte de adeptos, imprensa e antigos atletas do clube.

"Os jogadores sentem-se bem. Não acho que foi por esse jogo, mas pelo bom ambiente e pela confiança que temos. Sabemos que isto é um processo e conhecemos bem as dificuldades", concluiu.

A informação mais vista

+ Em Foco

Um mês depois dos incêndios, ainda há raízes em combustão sob a terra no concelho de Pedrógão Grande. Reunimos aqui um conjunto de vídeos em 360 graus captados no local.

A 17 de junho, Portugal começou a assistir ao mais mortífero incêndio de sempre. A paisagem de Pedrógão Grande mantém-se em tons de sépia. Um cenário captado pelo fotojornalista Pedro A. Pina.

    Nos últimos dois anos a RTP ouviu três vozes com diferentes perspetivas do conflito israelo-palestiniano: Miko Peled, Shahd Whadi e Tamir Ginz.

    Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A caminho das autárquicas a Antena 1 fixa o país em 20 retratos.