Nasri: "Ferme ta gueule", para jornalista de "L`Équipe"

| Euro 2012

Samir Nasri
|

O marselhês do Manchester City assume ter visado o jornalista do diário desportivo francês que o interpelou sobre o seu gesto

Um "cala o bico", com um peso ofensivo substancialmente maior em francês, foi a reação visível, através da TV, de Samir Nasri, depois de marcar o golo do empate, esta segunda-feira, no jogo da primeira jornada do grupo D do Euro, em Donetsk, Ucrânia, frente à seleção inglesa.

Depois de designado pela UEFA como "homem do jogo", o avançado explicou ter visado com o gesto o "L'Équipe".

Um jornalista do diário desportivo gaulês "perguntou-me contra quem eram os insultos, e eu disse-lhe serem contra ele", declarou simplesmente Nasri, ao passar, já tardiamente, na zona mista, depopis de sujeitar-se ao controlo antidoping.

Sobre o assunto, o selecionador francês manifestou-se de forma evasiva: "Isso é entre ele e os seus detratores", disse Laurent Blanc. "É algo de pessoal, não tenho de me imiscuir. Ele estava feliz por marcar um golo. Sobre aquele gesto de humor, é a ele que se deve perguntar a quem foi dirigido".

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

    Quase seis décadas depois, a Presidência de Cuba deixou de estar nas mãos de um membro do clã Castro.

    Porto Santo tem em curso um projeto para se transformar na primeira ilha do planeta livre de combustíveis fósseis.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.