SRE da Madeira esclarece que Marítimo receberá 2,5 ME para obras dos Barreiros

por Lusa
A SRE garante que não estão em jogo 10 milhões de euros Foto: Leonhard Foeger/Reuters

A secretaria regional da Educação (SRE), do Governo Regional da Madeira, esclareceu a notícia difundida este sábado, pela Agência Lusa, a propósito dos montantes a atribuir ao Marítimo, para a conclusão das obras de remodelação do Estádio dos Barreiros.

"A Secretaria Regional de Educação vem esclarecer que o montante atribuído ao Club Sport Marítimo, para suporte das obras de remodelação do Estádio dos Barreiros, é de 2,5 milhões de euros, sendo este o montante sujeito a contrato-programa no presente ano”, pode ler-se na nota de esclarecimento da SRE.

A SRE diz ser "desprovido de fundamento a afirmação de que no espaço de um ano serão pagos um total de 10 milhões de euros para o efeito”.

“Aliás, foi esta a informação prestada oficialmente pela Secretaria Regional de Educação”, observa a nota.

Segundo a notícia difundida pela Lusa, o Governo Regional da Madeira iria disponibilizar 10 milhões de euros ao Marítimo para conclusão das obras de remodelação dos Barreiros.

Ainda segundo a mesmo notícia, o clube madeirense iria receber quatro parcelas de 2,5 milhões de euros, no espaço de um ano, sendo que a primeira fatia seria paga o mais tardar até ao próximo mês, uma vez que a medida carecia de ser aprovada em Conselho de Governo, na quinta-feira.

A atual governação, liderada por Miguel Albuquerque, reprovou, recentemente, um aval bancário, de 10 milhões de euros, que foi concedido pelo anterior governo, sob a presidência de Alberto João Jardim, nos seus últimos dias de mandato.

As obras do antigo Estádio dos Barreiros, agora estádio do CS Marítimo, ainda não estão concluídas, por estar a faltar a edificação da bancada principal do recinto, que terá a capacidade para albergar cerca de 10.000 espetadores.
Tópicos