Play - O Sábio
ep. 9 42m

Séries Nacionais

10AP

Gil e Ricardo brindam ao reatar do namoro com Sofia. Gil aconselha-o a casar rapidamente com Sofia antes que se saiba que os seus pais estão falidos. Ricardo pede para ter cuidado ao falar nisso, porque ninguém pode saber esse segredo.
Pedro convida Jacinto para ir jantar com ele e com o Jorge, mas este fez planos para estar em casa. Pedro diz a Jacinto que voltou por causa de Sofia, mas a verdade é que também tinha muitas saudades do tio. Jacinto liga a Manuela, sem que Pedro esteja presente, e pergunta-lhe se pode aumentar a dose de comprimidos por estar cheio de dores. Manuela confirma que sim e Jacinto toma a medicação.
Adelaide está alheada durante o jantar de família. Romão pergunta a Cândida se ela é da opinião que ele deva alargar a sua área de negócios, e a sogra diz-lhe que não o deve fazer. Romão comenta que Manuela é da opinião contrária. Manuela regressa do quarto e pede desculpa por ter de atender os seus clientes a toda a hora. Rita, sarcástico, diz que a mãe é uma farsa e que engana pessoas. Adelaide, que até então estava ausente, comenta que um dia a verdade vai acabar por chegar. Romão, inquieto, pergunta se o comentário era para ele, mas Manuela menospreza o que a irmã diz e justifica que deve estar a falar com o seu amigo imaginário, e que o psiquiatra precisa de lhe receitar algo mais forte.
Jorge puxa pelos sentimentos de Pedro relativamente a Carmen, mas não consegue nenhuma reação. Raul e Júlia aproximam-se da mesa para saudarem Pedro pelo seu regresso.
Dulce convida Sofia para ir à aula de dança, mas Sofia já tem planos com Ricardo para essa noite. Sofia conta a Dulce que Jacinto a foi procurar na farmácia e que lhe pediu para ela dar uma nova oportunidade ao pai. Sofia comenta que o pai não lhe faz falta e nem vê sentido em dar-lhe nova oportunidade. Dulce incita a amiga a mudar de opinião, mas Sofia diz-lhe que por muito que respeite o tio Jacinto, não quer voltar a falar com o seu pai.
Pedro chega a casa e vê Jacinto inanimado. Nervoso, procura a pulsação de Jacinto mas não tem sinais vitais. Pedro perplexo fecha as pálpebras a Jacinto, dando-o como morto.
Pedro corre para o seu telemóvel, mas logo se dá conta que nunca o utilizou e que nem está ligado, por isso apanha o telemóvel de Jacinto e liga para Jorge, para lhe pedir ajuda.
Manuela está a ler um livro. Romão questiona o interesse daquela leitura, mas logo Manuela lhe explica que está a vender muito bem e que é da concorrência. Toca o telemóvel de Romão, e é Gil a avisa-lo que aconteceu qualquer coisa em casa de Pedro porque está lá a policia, os bombeiros e o médico. Ficam ambos muito tensos.
Jorge está com Pedro e pede à polícia que mandem vir o delegado de saúde o mais rápido possível. Domingos, no local, presta os seus pêsames a Pedro e disponibiliza-se para ajudar no que for preciso. Pedro lamenta não ter chegado a casa mais cedo, mas Jorge reage dizendo que nada garante que o conseguisse salvar. Pedro comenta que era assim que estava escrito.
Manuela está muito apreensiva pelo facto de Jacinto ter morrido quando estava a tomar as suas cápsulas Vitalonga. Cândida relembra a filha de que não devia vender nada que não saiba os efeitos que provoca. Cândida aconselha Manuela a ser ela a dar a notícia a Sofia.
Pedro vai ao quintal e solta o coelho que estava em cativeiro. Depois entra em casa e ao olhar para uma fotografia sua e de Jacinto, fecha os olhos e despede-se uma vez mais do tio, com sentimentos de grande gratidão por tudo o que ele fizera por si e desejoso que se voltem a encontrar.
Luís termina uma entrevista por Skype. Carmen diz-lhe para que siga os seus sonhos, mas confessa que não o queria longe dela, casado com uma escocesa, vendo os seus netos só no natal.
Felícia e Rogério interrompem o pequeno-almoço de Carmen e Luís para dar a notícia de que Jacinto morreu. Carmen, impressionada, pergunta como estão Pedro e Sofia, o que de súbito despertou o interesse de Luís.

duração total 42m
posição atual:
ir para o minuto:

episódios disponíveis