O Sábio

06 Out, 2017 | Episódio 186

Partilhar este episódio
Posi�ao Corrente: minutos e segundos
Ir para o Minuto:
Play - O Sábio

O Sábio

06 Out, 2017 | Episódio 186

António e João estão de saída para a fisioterapia. Cremilde e Pedro tentam incentivar João, mas ele continua desanimado. Uma revista pública na capa que Telmo foi trocado por uma bailarina. Evelina comenta que é o preço de ter a vida exposta nas revistas. Domingos pede a Telmo que volte a ter bom feitio e Arnaldo relembra que no dia seguinte será feito o juramento da bandeira, por isso tem de ir com bom astral. Pedro e Carmen encontram-se no clube e falam sobre o estado de saúde de Sofia. Pedro comenta que viu um artigo sobre Luís e que ficou muito orgulhoso. Gil conta a Valentim que vai falar com Romão para lhe pedir emprego. Valentim não se mostra muito agradado, mas Gil lembra que nem todas as pessoas contratam cadastrados. Valentim conta-lhe que a pecuária foi vendida em hasta pública e Gil fica convencido que terá sido Romão a compra-la com um testa de ferro. Júlia conta a Cândida que viu Gil em liberdade. Romão aparece, está meio bebido, e diz a Júlia que o negócio dele e de Raúl não vai para a frente. Júlia relembra Romão que o filho perdeu a mulher por causa desse negócio e Romão desdramatiza. Cremilde consegue convencer João a tentar dar um passo e consegue. Os dois ficam felizes, mas João mostra-se muito cansado. Cremilde mostra-se irritada por António ter desaparecido. António regressa e desculpa-se dizendo que foi ao sericaia buscar umas fatias de bolo para o lanche deles. Cremilde desconfia. Valentim conta a Adelaide que foi uma alegria ir buscar Gil à prisão, mas receia que ele volte a ter más companhias. Adelaide diz-lhe que Romão está diferente com a morte de Manuela e a perda da pecuária, mas Valentim não acredita que ele mude. Domingos e Arnaldo convidam Evelina para uma noitada, mas ela diz-lhes que vai ter de estudar. Os amigos gozam com ela por ser uma marrona desde que entrou na faculdade para enfermagem. Surge Sandra e convida Evelina para fazer um programa com ela porque vai estar sozinha e conta que Rogério vai fazer uma noite de jogos de cartas. Domingos conta a Arnaldo que eles jogam com valores cada vez mais alto e ele deixou de jogar. Os dois comentam que Rogério se pode tramar à conta do jogo. António comenta com Cremilde que não gosta da presença do grupo que joga cartas. Decide ir falar com eles e diz-lhes que não quer jogos a dinheiro, nem ter problemas com a polícia. Rogério mostra-se nervoso, mas nega e assim que António vira costas continuam a jogar. Rogério perde um valor alto, mas decide voltar a jogar para recuperar o montante que acaba de perder. Sofia conta ao pai que pretende regressar ao trabalho em breve. Comenta que a cerimónia fúnebre a pode ajudar a aceitar a morte da mãe e pergunta ao pai se ele vai. Pedro diz-lhe que Cândida não o convidou e que ele só irá se ela precisar dele. Em véspera do aniversário de Manuela, Cândida lamenta que a filha esteja desaparecida. Romão também se mostra emocionado, mas Cândida não acredita nos sentimentos do genro. Carmen é surpreendida por Luís que lhe diz que no dia seguinte regressa a Montemor. Pedro Homem acabou de regressar à cidade onde nasceu e onde passou a maior parte da sua vida (Montemor-o-Novo). Mas de onde desapareceu sem deixar rasto e esteve misteriosamente ausente durante 20 anos.
As razões do seu desaparecimento foram sempre alvo de especulação. Pedro era uma figura popular na cidade, conhecido por fazer as pessoas olharem para a vida por outra perspetiva - e com isso gerou milagres que sempre recusou serem da sua responsabilidade. Na verdade, Pedro tem um dom inexplicável: por vezes vê o futuro. Mas as visões do futuro podem ser simultaneamente uma bênção e uma armadilha. Pedro é, aliás, o exemplo disso: quando ainda jovem, vê a sua namorada, Carmen, vestida de noiva num caixão, com um anel de noivado que perceciona ter sido dado por ele. Como se o destino o avisasse que nunca poderiam viver juntos, talvez por sentirem um amor maior que o mundo.
Pedro acaba por se envolver, já jovem adulto, com Manuela, e tem uma filha com ela. Mas vive então momentos tempestuosos e recebe uma séria ameaça de morte. Para sobreviver, tem de abandonar Montemor - perdendo o contacto com a filha de 5 anos, Sofia. Parte sem dizer nada a ninguém porque não conseguiria explicar uma outra visão que marca a sua vida: o coração dele e da filha estão ligados por um laço especial do destino. Se aquela ameaça de morte se cumprisse e ele morresse, a sua filha morreria também.
Porque voltou Pedro agora? Pela filha? Por Carmen? Por ele próprio?
Montemor-o-Novo está diferente, nestes 20 anos muita coisa mudou. Manuela é entretanto uma taróloga famosa. Carmen explora uma quinta de produção biológica. Sofia é farmacêutica.
Mas há coisas que se mantêm: o Clube de pesca onde os velhos amigos de Pedro ainda se reúnem, o quartel de Bombeiros onde estão sempre prontos os soldados da paz mais divertidos do país e a influência subterrânea e maliciosa de Cândida, a chamada ?bruxa do Alentejo? e mãe de Manuela.
O Sábio é uma estória passada numa cidade antiga e sábia, grande o suficiente para guardar muitos segredos que vão agora ser revelados.