Posição Corrente: minutos e segundos
Ir para o Minuto:
Play - O Sábio

O Sábio

Episódio 249

De regresso da Suíça, Madalena procura Pedro para lhe oferecer uma lembrança. Pedro não aceita o relógio que Madalena lhe quer oferecer. Provocadora, Madalena diz-lhe que Carmen já o esqueceu. Jorge tenta tranquilizar Alzira, dizendo que Gabriel vai adorar quando o bebé nascer. Decidem que Jorge deve mudar-se para casa de Alzira, o que a deixa entusiasmada e feliz. Telmo adverte Madalena para ter cuidado para não se envolver em nenhum esquema de Romão. Madalena desvaloriza e reforça que apenas está a aproveitar a companhia dele. Ao ver a filha a admirar o seu vestido de noiva, Cândida avisa Adelaide que Álvaro vai fugir e largá-la no altar. Adelaide ignora-a e não a ouve. No clube de pesca, Álvaro finge-se animado diante de Cremilde e afirma que tem muitos anos de felicidade para compensar. Cremilde desconfia dele. A sós com a mulher, António fala da lingerie que comprou a Cremilde e esta sorri, embaraçada. Madalena aconselha André a sair de Montemor. No entanto, este quer a ajuda dela para reconquistar Sofia. Madalena avisa-o para não contar com ela para isso, deixando-o irritado.
Sofia repreende Luís por ter agredido André, para ela a violência não resolve nada. Luís concorda e concorda que ela tem razão. Sofia fica preocupada, mas mantém-se do lado dele. Depois de Pedro lhe contar as investidas de Madalena, Jorge pergunta por que razão Pedro não tenta ser feliz com outra pessoa sem ser Carmen. Pedro declara que ama Carmen e que já aceitou que as coisas vão ficar assim para sempre. Telmo pede à mãe para não ser muito intrometida no casamento. Odete fica chateada e observa que Marco tem mau gosto. Além disso, sente um desgosto enorme porque não vai poder ter netos. Apesar das circunstâncias, Telmo refere que ainda não desistiu disso. Alzira e Jorge conversam sobre o bebé. Jorge acha que Gabriel só precisa de tempo para se habituar à ideia de que vai ter um irmão. Júlia chega para ficar no restaurante e insinua que Jorge agora está sempre a cirandar com Alzira e está a descurar os doentes. Jorge responde-lhe que Alzira e o bebé são mais importantes, neste momento. Romão vai à oficina de Pedro e acusa João e Pedro de serem uns falhados e reforça que não deixará que João arraste Rita para uma vida de miséria. Depois de Romão sair, João diz a Pedro que tem a certeza que foi Romão quem o tramou. Madalena e Carmen vão dar um passeio a cavalo, durante o qual Madalena tenta bater com uma pedra na cabeça de Carmen, mas nesse momento, vê uma luz e sente uma tontura. Fica muito perturbada e sem perceber o que aconteceu.
Pedro Homem acabou de regressar à cidade onde nasceu e onde passou a maior parte da sua vida (Montemor-o-Novo). Mas de onde desapareceu sem deixar rasto e esteve misteriosamente ausente durante 20 anos.
As razões do seu desaparecimento foram sempre alvo de especulação. Pedro era uma figura popular na cidade, conhecido por fazer as pessoas olharem para a vida por outra perspetiva - e com isso gerou milagres que sempre recusou serem da sua responsabilidade. Na verdade, Pedro tem um dom inexplicável: por vezes vê o futuro. Mas as visões do futuro podem ser simultaneamente uma bênção e uma armadilha. Pedro é, aliás, o exemplo disso: quando ainda jovem, vê a sua namorada, Carmen, vestida de noiva num caixão, com um anel de noivado que perceciona ter sido dado por ele. Como se o destino o avisasse que nunca poderiam viver juntos, talvez por sentirem um amor maior que o mundo.
Pedro acaba por se envolver, já jovem adulto, com Manuela, e tem uma filha com ela. Mas vive então momentos tempestuosos e recebe uma séria ameaça de morte. Para sobreviver, tem de abandonar Montemor - perdendo o contacto com a filha de 5 anos, Sofia. Parte sem dizer nada a ninguém porque não conseguiria explicar uma outra visão que marca a sua vida: o coração dele e da filha estão ligados por um laço especial do destino. Se aquela ameaça de morte se cumprisse e ele morresse, a sua filha morreria também.
Porque voltou Pedro agora? Pela filha? Por Carmen? Por ele próprio?
Montemor-o-Novo está diferente, nestes 20 anos muita coisa mudou. Manuela é entretanto uma taróloga famosa. Carmen explora uma quinta de produção biológica. Sofia é farmacêutica.
Mas há coisas que se mantêm: o Clube de pesca onde os velhos amigos de Pedro ainda se reúnem, o quartel de Bombeiros onde estão sempre prontos os soldados da paz mais divertidos do país e a influência subterrânea e maliciosa de Cândida, a chamada ?bruxa do Alentejo? e mãe de Manuela.
O Sábio é uma estória passada numa cidade antiga e sábia, grande o suficiente para guardar muitos segredos que vão agora ser revelados.