Posição Corrente: minutos e segundos
Ir para o Minuto:
Play - O Sábio

O Sábio

Episódio 251

Luís conta a Carmen que Madalena anda a sair com Romão e aconselha-a a avisar a sua amiga com quem se está a meter. Carmen fica alarmada e concorda que deve fazer algo. Em casa de Cândida, Romão pede a Madalena que passe lá noite, mas ela prefere ir-se embora. André encontra-se com Madalena para lhe contar que recebeu um telefonema de Manuela a pedir-lhe que vigiasse Madalena pois esta deixou de lhe atender os telefonemas. Madalena dá-lhe indicação para, num próximo telefonema de Manuela, dizer que não lhe atende pois tem receio de ter o telefone sob escuta. Por causa das atitudes que Arnaldo tem tido nas redes sociais, Evelina avisa-o para ter cuidado. Ele afirma que não tem medo de ninguém e, para o provar, até faz um post com a sua morada. Enquanto Telmo dá uma entrevista, a sua mãe interrompe-o para que ele escolha um fato e aproveita o momento para se dar a conhecer. Telmo fica muito envergonhado. André encontra Sofia no Sericaia e fala-lhe na hipótese de Manuela estar viva. Sofia fica muito irritada e encerra o assunto. Madalena leva bastantes mantimentos para ajudar os idosos carenciados e Pedro fica sensibilizado. Carmen aproveita o momento para dizer a Madalena que Romão é um patife e esta explica que não quer nada com ele. Raul observa-as, especialmente Madalena e Evelina percebe. Brinca com ele, dizendo que Madalena é areia demais para o seu camião.
Gabriel diz a Alzira que vai viver com Raul porque se sente a mais perante a gravidez da mãe. Alzira fica destroçada e ainda tenta demovê-lo mas Gabriel afirma que a sua decisão está tomada. Júlia comenta com Cândida que a gravidez de Alzira deve ter sido resultado de uma macumba. Cândida acha que foi um problema de saúde que se resolveu naturalmente. Júlia está feliz pelo facto de Gabriel estar incomodado com a gravidez da mãe. Na herdade, Felícia e Carmen conversam sobre a relação de Madalena com Romão. Carmen tem dúvidas de que seja só um flirt e afirma que ficou com a sensação que Madalena lhe esconde algo. Depois de saberem que houve mais um assalto, João fica nervoso com receio de que as culpas caiam sobre ele. Rita tranquiliza-o pois não há como acusá-lo e ela estava com ele à hora do assalto.
Ao ver a mãe triste, Gabriel sente-se mal. No entanto, Júlia e Raul estão felizes com a decisão do jovem e esfregam essa felicidade na cara de Alzira. Pedro comenta com Jorge que gostava que Madalena parasse de insistir em abordá-lo. A conversa é interrompida por um telefonema de Alzira que está destroçada pela atitude de Gabriel. Adelaide chega feliz a casa e informa a mãe que tem casamento marcado para daí a um mês. A sós com Cândida, Álvaro provoca-a dizendo que quanto mais depressa tiver o dinheiro na mão, mais depressa irá embora de Montemor.
Pedro Homem acabou de regressar à cidade onde nasceu e onde passou a maior parte da sua vida (Montemor-o-Novo). Mas de onde desapareceu sem deixar rasto e esteve misteriosamente ausente durante 20 anos.
As razões do seu desaparecimento foram sempre alvo de especulação. Pedro era uma figura popular na cidade, conhecido por fazer as pessoas olharem para a vida por outra perspetiva - e com isso gerou milagres que sempre recusou serem da sua responsabilidade. Na verdade, Pedro tem um dom inexplicável: por vezes vê o futuro. Mas as visões do futuro podem ser simultaneamente uma bênção e uma armadilha. Pedro é, aliás, o exemplo disso: quando ainda jovem, vê a sua namorada, Carmen, vestida de noiva num caixão, com um anel de noivado que perceciona ter sido dado por ele. Como se o destino o avisasse que nunca poderiam viver juntos, talvez por sentirem um amor maior que o mundo.
Pedro acaba por se envolver, já jovem adulto, com Manuela, e tem uma filha com ela. Mas vive então momentos tempestuosos e recebe uma séria ameaça de morte. Para sobreviver, tem de abandonar Montemor - perdendo o contacto com a filha de 5 anos, Sofia. Parte sem dizer nada a ninguém porque não conseguiria explicar uma outra visão que marca a sua vida: o coração dele e da filha estão ligados por um laço especial do destino. Se aquela ameaça de morte se cumprisse e ele morresse, a sua filha morreria também.
Porque voltou Pedro agora? Pela filha? Por Carmen? Por ele próprio?
Montemor-o-Novo está diferente, nestes 20 anos muita coisa mudou. Manuela é entretanto uma taróloga famosa. Carmen explora uma quinta de produção biológica. Sofia é farmacêutica.
Mas há coisas que se mantêm: o Clube de pesca onde os velhos amigos de Pedro ainda se reúnem, o quartel de Bombeiros onde estão sempre prontos os soldados da paz mais divertidos do país e a influência subterrânea e maliciosa de Cândida, a chamada ?bruxa do Alentejo? e mãe de Manuela.
O Sábio é uma estória passada numa cidade antiga e sábia, grande o suficiente para guardar muitos segredos que vão agora ser revelados.