Bas Dost resolveu partida em Chaves com dois golos

| 1.ª Liga

Bas Dost teve um regresso feliz aos relvados
|

O Sporting foi a Trás-os-Montes e arrecadou os três pontos na casa do Desportivo de Chaves. Com uma primeira parte morna de ambas as partes, foi na segunda metade que a entrada de Bas Dost transformou a partida. O holandês impôs a sua veia goleadora e marcou por duas vezes, permitindo ao Sporting continuar a sonhar com a conquista do campeonato.

O Sporting entrou em campo com uma equipa improvisada no jogo de encerramento da 26.ª jornada da Liga Portuguesa. Os Leões entraram em campo com Bruno César a lateral-esquerdo, Battaglia no lado direito da defesa e com Misic no meio-campo.

O primeiro sinal de perigo partiu dos pés de Davidson. O avançado flaviense percorreu o corredor esquerdo, fletiu para dentro e rematou forte para fora. Seguiu-se novo susto na defesa do Sporting, quando perto do quarto de hora de jogo William esteve perto de inaugurar o marcador.


Mau corte de Bruno César (com as costas) e o atacante brasileiro, isolado, não conseguiu bater Rui Patrício. Montero fez o primeiro remate digno de registo do Sporting, num cabeceamento fraco, após marcação de um pontapé de canto.

Só depois da meia-hora de jogo houve uma verdadeira jogada de grande perigo para os Leões. Passe para a área do Desportivo, Montero recebeu e solicitou Rúben Ribeiro. O jogador português não rematou e encontrou Gelson desmarcado que pontapeou o esférico contra Ricardo.
Bas Dost transforma o Leão
Os segundos 45 minutos começaram com dois lances de perigo para cada lado. Rúben Ribeiro tentou o golo com um remate em arco (passou ao lado) e Nuno André Coelho aproveitou um cruzamento para rematar de primeira para grande defesa de Rui Patrício.

O minuto 56 do jogo em Chaves mudou a partida. Depois de jogar pela última vez frente ao Astana, na Liga Europa, Bas Dost regressou aos relvados e pouco demorou para deixar a sua marca.


Pouco mais de cinco minutos em campo e o avançado holandês marcou o primeiro golo da noite, após um grande trabalho individual de Rúben Ribeiro. Cruzamento milimétrico, Bas Dost superiorizou-se à defesa do Chaves e cabeceou para o fundo das redes de Ricardo.

O Sporting pegou de estaca no jogo e criou mais ocasiões de perigo, por intermédio de Coates e Bryan Ruiz (por duas vezes). Do lado do Desportivo, Davidson esteve perto do empate mas Battaglia fechou bem os caminhos da baliza leonina.


Até que aos 86 minutos, Bas Dost bisou no jogo. Platiny, do Chaves, recuou no campo e acabou por ser desarmado por Battaglia. Com o avançado holandês por perto e apenas Ricardo pela frente, o argentino assistiu o goleador que fez o 2-0.

Num fim de partida frenético, a equipa treinada por Luís Castro ainda reduziu. Platiny fez o 1-2 na marcação de uma grande penalidade (deixa algumas dúvidas), a castigar falta de Coates sobre Djavan.

Fim da partida e três pontos para o Sporting. A equipa de Jorge Jesus está mais próxima da liderança da Liga Portuguesa, com 62 pontos, tendo menos três que Benfica e cinco que o FC Porto.

Destaque ainda para o marco histórico alcançado por Rui Patrício. O guarda-redes leonino fez oficialmente o jogo 454 com a camisola do Sporting, tendo ultrapassado Hilário, lenda da equipa de Alvalade.

Tópicos:

Chaves, Desportivo, I Liga, Sporting, Bas Dost,

Pesquise por: Chaves, Desportivo, I Liga, Sporting, Bas Dost,

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevistada no Telejornal, a ministra da Saúde admitiu que reunir o consenso do PSD "não foi algo que tenha passado pelas preocupações do Governo".

A fronteira entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda continua a ser a maior dor de cabeça interna de Theresa May.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.