Sporting confirma sete `baixas` a três dias da visita ao FC Porto

| 1.ª Liga

Bas Dost pode falhar jogo com o FC Porto devido a uma lesão muscular
|

O Sporting confirmou esta terça-feira sete futebolistas de ‘baixa’, a três dias da visita o FC Porto, com William, Fábio Coentrão, Ristovski e Palhinha engripados, Bas Dost e Piccini com lesões musculares e Podence com uma fratura.

Na segunda-feira, os ‘leões’ apresentaram uma equipa de 'recurso' no jogo em que receberam e venceram o Moreirense (1-0), devido a quatro casos de síndrome gripal no plantel, que obrigaram Jorge Jesus a mexer muito na equipa.

A este grupo juntou-se também o lateral italiano Piccini, com uma “lesão muscular nos adutores da coxa direita”, segundo informou hoje o boletim clínico do Sporting.

Entre os indisponíveis continua também Bas Dost, melhor marcador do Sporting na I Liga (20 golos), com “uma lesão muscular na face posterior da coxa direita, e Podence, que recupera de uma “fratura de lisfranc no pé esquerdo”.

Para a visita ao FC Porto, na sexta-feira da 25.ª jornada da I Liga (20:30), o treinador Jorge Jesus não poderá também contar com Gelson Martins ou Petrovic, que na segunda-feira se estreou a titular.

Gelson foi expulso já nos descontos, ao ver o segundo cartão amarelo, na comemoração do golo do triunfo, e Petrovic também teve ordem de expulsão, igualmente com o segundo amarelo, aos 60 minutos.

Tópicos:

Baixas, Bas Dost, Clássico, FC Porto, Fábio Coentrão, Sete, William Carvalho, Sporting,

Pesquise por: Baixas, Bas Dost, Clássico, FC Porto, Fábio Coentrão, Sete, William Carvalho, Sporting,

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.