Guarda-redes Ricardo interrompe carreira no Chaves para tratar doença oncológica

| 2.ª Liga

|

O guarda-redes Ricardo Nunes, capitão do Desportivo de Chaves, vai interromper a sua carreira de futebolista para tratar um “problema oncológico”, disse hoje o clube da II Liga portuguesa de futebol.

“O capitão do clube passa por um grave problema de saúde devido à descoberta recente de um problema oncológico”, informou o clube flaviense no seu sítio oficial na Internet.

Manifestando “total solidariedade” com o atleta, de 37 anos, o Desportivo de Chaves realçou ainda que “toda a estrutura da instituição está associada a este momento delicado”.



“Não temos dúvidas de que irá fazer a defesa mais notável da sua vida. Estamos perante um jogador que é uma referência dentro e fora de campo. Um profissional abnegado e um exemplo para todos. Um líder de balneário. Uma referência ao longo da carreira. Estamos certos de que estamos perante uma pausa”, refere ainda o comunicado.

O experiente guarda-redes representa pela quarta temporada consecutiva o conjunto de Chaves, agora na II Liga, após três épocas no escalão máximo, tendo realizado um total de 59 partidas.

No seu currículo conta com passagem por clubes como FC Porto, Académica, Leiria ou Varzim, no qual fez a sua formação.

Ricardo Moura reforça baliza do Chaves após problema oncológico de Ricardo Nunes
O guarda-redes Ricardo Moura, ex-Académica, é reforço do Desportivo de Chaves ocupando o lugar de Ricardo Nunes, futebolista que interrompeu a carreira após a descoberta de um problema oncológico, disse hoje o emblema da II Liga portuguesa de futebol.

O acordo por uma temporada foi divulgado no sítio oficial na Internet do clube de Chaves, que desejou a Ricardo Moura “as maiores felicidades pessoais e profissionais”.

O futebolista de 30 anos representou na temporada transata a Académica, do segundo escalão, somando 13 jogos na equipa principal. Formado no Leixões, FC Porto e Infesta conta ainda com passagem por clubes como Tondela, Desportivo das Aves ou Sousense.

O conjunto de Trás-os-Montes divulgou hoje, em comunicado, a ‘pausa’ na carreira do guarda-redes Ricardo Nunes, de 37 anos, a quem foi diagnosticado um cancro.

“O capitão do clube passa por um grave problema de saúde devido à descoberta recente de um problema oncológico”, indicou o clube flaviense.

Manifestando “total solidariedade” com o atleta, o Desportivo de Chaves realçou ainda que “toda a estrutura da instituição está associada a este momento delicado”.

“Não temos dúvidas de que irá fazer a defesa mais notável da sua vida. Estamos perante um jogador que é uma referência dentro e fora de campo. Um profissional abnegado e um exemplo para todos. Um líder de balneário. Uma referência ao longo da carreira. Estamos certos de que estamos perante uma pausa”, refere ainda o comunicado.

O experiente guarda-redes representa pela quarta temporada consecutiva o conjunto de Chaves, agora na II Liga, após três épocas no escalão máximo, tendo realizado um total de 59 partidas.


A informação mais vista

+ Em Foco

Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.