Milhares de adeptos no treino do Benfica

| Benfica

|

Cerca de dez mil adeptos estiveram hoje no Estádio da Luz para assistir ao treino aberto da equipa de futebol do Benfica, naquele que foi o primeiro contacto com os atletas que preparam a temporada 2018/19.

Quem passasse nas imediações no Estádio da Luz poderia pensar que era dia de jogo, tal foi a afluência ao recinto benfiquista. De resto, os responsáveis do clube tiveram mesmo de abrir o acesso aos topos e ao piso 1, permitindo que mais adeptos pudessem assistir ao apronto.

Passava pouco das 10:15 quando a equipa entrou no relvado, com Rui Vitória, Luisão e Jardel à cabeça, antes de se aproximar da bancada central para fazer a habitual vénia aos adeptos que estavam naquele local.

Na sessão, que durou cerca de hora e meia, o técnico 'encarnado' teve 29 jogadores à disposição, os quais começaram por realizar aquecimento com e sem bola. De seguida, Vitória dividiu os atletas em quatro grupos, para um exercício de circulação e finalização, durante o qual sobressaiu, particularmente, a capacidade de passe e dinâmica de uma das novidades desta pré-época: o jovem João Félix, que alinhava na equipa B.

Além dos guarda-redes Svilar, Vlachodimos, Bruno Varela e André Ferreira, estiveram no treino Alex Pinto, André Almeida, Luisão, Jardel, Lema, Conti, Lisandro López, Grimaldo, Yuri Ribeiro, Fejsa, Alfa Semedo, Chiquinho, Gedson Fernandes, Keaton Parks, Pizzi, Cervi, Heriberto, João Amaral, Willock, Ola John, João Félix, Rafa, Jonas, Ferreyra e Castillo.

Rúben Dias, Ebuhei, Salvio, Zivkovic, Seferovic e Carrillo, que estiveram no Mundial2018 ao serviço das respetivas seleções, ainda não se apresentaram, tal como o grego Samaris, que deverá juntar-se ao grupo no domingo.

Já Krovinovic, que continua a recuperar da lesão contraída no joelho, em janeiro, surgiu pela primeira vez ao relvado esta época, estava decorrida uma hora de sessão. Se Luisão e Jonas tinham sido os mais aplaudidos no arranque do treino, o médio croata não lhes ficou atrás e retribuiu os incentivos que lhe foram dirigidos pelos adeptos.

O Benfica inicia o estágio de preparação para a época 2018/19 a 09 de julho, em Troia, defrontando, no Estádio do Bonfim, os sérvios do Napredak, a 10, e o anfitrião Vitória de Setúbal, três dias mais tarde, no âmbito do Torneio Internacional do Sado.

O estágio da equipa 'encarnada' transfere-se depois para St. George's Park, em Inglaterra, entre 15 e 20 julho, um dia antes do embate com o Sevilha, em Zurique (Suíça), o qual antecede a partida para os Estados Unidos, marcada para dia 22.

Em solo norte-americano, o Benfica defrontará os alemães do Borussia Dortmund, em Pittsburgh, a 25 de julho, e a Juventus, em Nova Iorque, três dias depois, no âmbito da International Champions Cup.

Os 'encarnados' regressam a Portugal imediatamente após o encontro com os heptacampeões italianos, e, antes de se concentrarem na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, cujos encontros se disputarão a 07 e 08 e a 14 e 15 de agosto, ainda enfrentam o Lyon no Estádio Algarve, no dia 01, no âmbito da Eusébio Cup, também pontuável para a International Champions Cup.

A informação mais vista

+ Em Foco

A revelação foi feita durante uma entrevista exclusiva à RTP à margem da cimeira de CPLP, que decorreu esta semana em Cabo Verde.

Em entrevista à RTP, Graça Machel revela que o grande segredo de Nelson Mandela era fazer sentir a cada pessoa com quem falava que era a mais importante.

O economista guineense Carlos Lopes, em entrevista à RTP, considera que a Europa tem discutido as migrações e outras questões africanas, sem consultar os africanos.

    Apesar da legislação contra estas situações, os Estados Unidos são dos países que mais importam produtos em risco de serem produzidos através de trabalhos forçados.