Argentina desperdiça vantagem de dois golos com a Nigéria

| Futebol Internacional

|

A seleção da Argentina teve esta terça-feira um mau teste para o Mundial2018 de futebol, ao desperdiçar uma vantagem de 2-0 para perder por 4-2 frente à Nigéria, em Krasnodar, na Rússia.

Três dias depois de ganhar à Rússia, por 1-0, a equipa de Jorge Sampaoli até começou bem, mas, depois, a sua defesa foi demasiado permissiva frente a um rival africano o qual derrotou nas quatro vezes que defrontou em fases finais de mundiais.

Sem Lionel Messi na equipa, que alinhou com o central ex-portista Otamendi e o extremo ex-benfiquista Di Maria no ‘onze’, a Argentina dificilmente esperaria uma reação tão forte do adversário aos seus dois golos.

Aos 27 minutos, Banega, de livre direto, colocou a seleção ‘celeste’ na frente, com Aguero (36) a ampliar na conclusão de um contra-ataque.

Os pupilos do veterano treinador alemão Gernot Rohr reagiram ainda no primeiro tempo, com Iheanacho (45) a reduzir, de livre direto.

Na etapa complementar, os africanos continuaram a pressionar e Iwobi (52) beneficiou de alguma passividade da defesa para atirar colocado, dois minutos antes de Idowu, num dos mais belos lances da partida, ao primeiro toque por meia equipa, consumar a reviravolta (2-3).

O jovem médio do Arsenal Iwobi (73) 'bisou' em lance individual no qual fez um ‘tunel’ a Mascherano, libertando-se assim de três defesas contrários e a atirar para o 4-2.

O médio ofensivo ex-FC Porto Belluschi, agora com 34 anos, e o lateral ex-Sporting Insúa também participaram no encontro, enquanto o benfiquista Salvio não saiu do banco.

No Qatar, o médio Viðar Örn Kjartansson (26) colocou a Islândia, que se vai estrear em mundiais, na frente, mas os anfitriões, que organizam o Mundial2022, empatariam já nos descontos, com tento do avançado ganês naturalizado Mohammed Muntari (90+1).

Horas antes, a Sérvia, com o extremo benfiquista Zivkovic a titular, empatou 1-1 na Coreia do Sul, enquanto a Colômbia, sem James Rodrigues ou Falcao, afinou a pontaria para o Mundial, com goleada 4-0 sobre a China, que não vai à Rússia.

O Mundial de futebol de 2018 realiza-se na Rússia, de 14 de junho a 15 de julho.

Tópicos:

Nigéria, Argentina,

Pesquise por: Nigéria, Argentina,

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Doze meses depois da eleição presidencial de 8 de novembro de 2016, com Donald Trump ao leme da Casa Branca, os Estados Unidos mudaram. E o mundo afigura-se agora mais perigoso.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.