Euro Feminino: Alemanha empata na estreia, Rússia surpreende

| Futebol Internacional

|

A campeã em título Alemanha empatou hoje com a Suécia sem golos, na primeira jornada do Grupo B do Campeonato da Europa de futebol feminino, que decorre na Holanda, com a Rússia a surpreender a Itália (2-1).

Com estes resultados, a Rússia é líder da ‘poule’, com três pontos, enquanto Alemanha e Suécia têm um ponto cada e a Itália nenhum. Na segunda jornada, na sexta-feira, a Suécia mede forças com a Rússia, enquanto a Alemanha defronta a Itália.

Numa reedição da final dos Jogos Olímpicos Rio2016, em que as germânicas bateram as nórdicas por 2-1, nenhuma das equipas conseguiu desfazer o ‘nulo’, em Breda, onde a Alemanha dominou, mas a Suécia teve a melhor oportunidade.

As alemãs venceram as últimas seis edições do Europeu, num total de oito triunfos (em 12 possíveis), e iniciaram com um empate a defesa de um título que escapa à Suécia desde a edição inaugural (1984).

Apesar de ter entrado melhor no encontro, a Suécia foi permitindo à Alemanha impor o seu jogo, ainda que nenhuma das equipas tenha conseguido ‘ameaçar’ o golo no primeiro tempo.

Na segunda parte, a suplente Islacker podia ter adiantado a Alemanha por duas vezes nos primeiros 15 minutos, mas em ambos os casos disparou ao lado, desperdiçando o maior ritmo e poderio germânico, com a Suécia a criar perigo através do contra-ataque.

A melhor oportunidade do jogo surgiu aos 71 minutos e pertenceu a Blackstenius, que surgiu isolada na cara de Schult, que fez a ‘mancha’ e impediu o primeiro do jogo, segurando o empate alemão até final, apesar das germânicas terem tido mais de 60% de posse bola e o domínio do jogo.

Em 2013, a Alemanha também começou com um empate. Este resultado põe fim a 11 derrotas suecas, em outros tantos jogos oficiais, frente ao ‘rival’ e grande favorito à conquista do Euro2017.

Antes, em Roterdão, a Rússia surpreendeu a Itália, que bateu por 2-1 para registar a primeira vitória de sempre em fases finais de Europeus femininos.

As russas adiantaram-se através de Danilova, num remate de fora da área, aos nove minutos, antes de Morozova fazer o 2-0, aos 26. Ilaria Mauro reduziu, aos 88, e, nos últimos minutos, as italianas estiveram duas vezes muito perto da igualdade.

Depois de uma primeira parte em que desacerto defensivo permitiu à Rússia marcar dois golos e ameaçar fazer um terceiro, o segundo tempo viu a Itália correr atrás do prejuízo, sem que tivesse tido sucesso, muito devido à exibição ‘inspirada’ da guardiã russa Scherbak.

As russas participam na quinta edição do torneio, nunca tendo passado da fase de grupos, enquanto as italianas foram finalistas vencidas em 1993 e 1997, as melhores prestações em 10 participações.

Portugal, que se estreia em fases finais, entra em competição na quarta-feira, em Doentinchem, frente à Espanha, na primeira jornada do Grupo D.

Na terça-feira, a Áustria e a Suíça, duas seleções que se estreiam na competição, medem forças pelas 17:00, no jogo inaugural do Grupo C, antes do França-Islândia (19:45).

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Um dos mais conceituados politólogos sul-coreanos revelou à RTP o modo de pensar e agir de Pyongyang.

    Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.