Francesco Totti assume cargo de diretor na AS Roma

| Futebol Internacional

|

A Roma anunciou esta segunda-feira que o lendário ex-futebolista Francesco Totti vai continuar no clube enquanto diretor, numa entrevista ao antigo ‘capitão' publicada no sítio oficial da Internet do emblema romano.

Depois de 25 anos a representar os ‘giallorossi' e de uma emocionante despedida no final da temporada passada, o icónico número 10 vai passar agora a ajudar o clube, trabalhando ao lado do diretor desportivo Monchi e do treinador Eusebio Di Francesco.

"Vou começar pelo início. Agora principia uma nova fase e uma nova aventura. Tive tempo para pensar nas coisas e decidir que verdadeiramente estou pronto para continuar a servir esta equipa, dia após dia, com calma e confiança, para aprender um novo papel e acrescentar algo novo, acima de tudo", explicou Totti, durante a entrevista.

O ex-internacional italiano revelou também o que sentiu na sua despedida dos relvados, a 28 de maio, a paixão pelo futebol e a cidade romana, e as dúvidas de alguém que teve de pensar no futuro fora dos relvados, já com 40 anos na bagagem, 25 dos quais a servir um único símbolo.

“Quando mudas o teu papel, tens sempre de demorar algum tempo para conhecer melhor a situação em que te estás a meter, mas eu sou suficientemente afortunado de saber bem qual é a atmosfera à volta do clube e da cidade. As dúvidas são apenas sobre o que é que eu quero fazer para alcançar algo grande", disse.

‘Il Capitano' prosseguiu, apontado que "neste momento os detalhes não são precisos" e que não quer uma função específica: "Quero ser tudo e nada. Quero ser uma pessoa importante para Roma e Roma percebe que é isso que eu quero fazer".

Apesar da mudança brusca, Totti não deixa de ser ele próprio, como se pode constatar pela resposta dada às perguntas "e agora, Francesco, como o tratamos?" e "o que diz no seu cartão de negócios?":

"Francesco, como sempre. Francesco, AS Roma", finalizou.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

    Quase seis décadas depois, a Presidência de Cuba deixou de estar nas mãos de um membro do clã Castro.

    Porto Santo tem em curso um projeto para se transformar na primeira ilha do planeta livre de combustíveis fósseis.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.