Marcos Acuña vê melhorias na seleção da Argentina

| Futebol Internacional

Acuña considera que a seleção da Argentina está a melhorar os seus níveis de jogo
|

O argentino Marcos Acuña, futebolista do Sporting, que está a disputar a Copa América no Brasil, considerou que a seleção da Argentina “está melhor do que no início da competição”.

Apontado como uma das prováveis novidades no onze titular frente à Venezuela, na sexta-feira, nos quartos de final da Copa América, Acunã entende que o jogo surge em bom momento, a despeito das dificuldades que com que a Argentina se deparou para passar a fase de grupos.

“Sabemos que a Venezuela é uma equipa muito forte e estamos a treinar no duro para fazer melhor. Eles têm jogadores muito rápidos, mas nós estamos a treinar a forma de travar o seu contra-ataque, que foi a chave da derrota que sofremos em Madrid, em março, por 3-1, num jogo de preparação”, afirmou o esquerdino do Sporting, antevendo a partida com os venezuelanos.

Para Acuña o jogo de sexta-feira “não terá nada a ver” com o que foi disputado no estádio Wanda Metropolitano: “Esta equipa argentina é muito diferente da que jogou em Madrid. Estamos a trabalhar melhor e daremos uma resposta à altura”.

A Argentina qualificou-se para os quartos de final como segunda classificada do Grupo B, com quatro pontos, menos cinco do que a Colômbia, comandada por Carlos Queiroz, que venceu os três jogos realizados. A Venezuela ficou em segundo lugar no Grupo A, com cinco pontos, contra sete do Brasil.

A informação mais vista

+ Em Foco

Pela primeira vez desde que assumiu o mandato, o secretário-Geral da ONU fala abertamente à RTP dos principais conflitos globais.

É até hoje a mais icónica das aventuras da exploração espacial. Há 50 anos, o Homem chegava à Lua à boleia da NASA. Percorrermos aqui todos os detalhes da missão, dia a dia.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.