River Plate bate Boca Juniors no prolongamento e conquista Taça Libertadores

| Futebol Internacional

|

O River Plate conquistou hoje pela quarta vez a Taça Libertadores em futebol, ao bater o Boca Juniors por 3-1, após prolongamento, na segunda mão da primeira final 100% argentina da prova, disputada no Santiago Bernabéu, em Madrid.

Darío Benedetto adiantou os ‘xeneides’, aos 44 minutos, mas os ‘milionários’, que repetiram 1986, 1996 e 2015, deram a volta ao resultado, com tentos de Lucas Pratto, aos 68, do ex-portista Juan Quintero, aos 109, e de Pity Martínez, aos 120+2.

O encontro realizou-se em Madrid porque adeptos do River Plate atacaram o autocarro do Boca Juniors quando este se dirigia para o Monumental Nünez, a casa dos novos campeões sul-americanos, que deveria ter recebido a segunda mão a 24 de novembro.


O River Plate, que vai agora disputar o Mundial de clubes, igualou os compatriotas do Estudiantes no quarto lugar do ‘ranking’, que é liderado pelos também argentinos do Independiente, com sete cetros, contra seis do Boca.

Na primeira mão, no La Bombonera, a 11 de novembro, registou-se uma igualdade a dois golos, numa final em que os golos apontados fora não valiam a ‘dobrar’.

A informação mais vista

+ Em Foco

O presidente da Câmara dos Comuns é, digamos assim, o equivalente ao presidente da Assembleia da República em Portugal.

Neste Manual do Brexit, explicamos em 12 pontos o que está em causa e os cenários que se colocam.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      A entrevista ao ativista de Direitos Humanos para o programa Olhar o Mundo.