Vitória de Setúbal quer ganhar ao Belenenses para "elevar índices de confiança"

| Futebol Nacional

|

O treinador do Vitória de Setúbal, Sandro Mendes, frisou a importância de vencer segunda-feira na receção ao Belenenses, em partida da 21.ª jornada da I Liga de futebol.

Sem ganharem desde 01 de dezembro de 2018, dia em que bateram o Marítimo no Funchal por 1-0, os sadinos vão procurar somar os três pontos para afastarem-se dos lugares perigosos da classificação e reforçarem a confiança da equipa, disse o técnico em conferência de imprensa.

"Sabemos que, rapidamente, temos de voltar ao trilho das vitórias. Se conseguirmos duas, três vitórias, a equipa respirará melhor e os índices de confiança serão muito mais elevados", admitiu.

Apesar de reconhecer que a pressão dos pontos não favorece a equipa, Sandro Mendes enaltece o grupo de trabalho pelo seu profissionalismo.

"As contas fazem-se no fim, mas, vendo a distância a que está a 'linha de água', é lógico que não é bom. É preferível ter 10 pontos do que dois. Jogar nestas circunstâncias não é muito favorável, mas é o que há. Os jogadores são muito profissionais e tudo têm feito para contrariar a falta de vitórias e, mais uma vez, amanhã é o que se pode esperar do Vitória", referiu.

O treinador do Vitória de Setúbal, de 42 anos, elogia o Belenenses, antevendo dificuldades frente à equipa liderada por Silas.

"Vamos apanhar uma equipa que tem um futebol muito positivo, já tem os processos bem assimilados e joga bem. Nós também faremos a nossa parte para conseguir fazer os três pontos. Vamos apresentar uma equipa empenhada, unida, a tentar jogar bom futebol e à procura do golo porque são eles que nos dão as vitórias", frisou.

Sobre a confiança que a administração do clube depositou em si para comandar a equipa técnica, após a saída de Lito Vidigal, Sandro Mendes fez questão de lembrar a forma como sempre pautou a sua carreira.

"Entrei no Vitória FC com 12 anos. Vejo-o como um momento de imensa alegria e competência. Nunca ninguém me deu nada. É claro que houve pessoas que influenciaram a minha carreira. O que tenho alcançado foi à custa do trabalho e da competência que tive em todos os cargos que desempenhei como jogador, coordenador da formação, treinador da formação, diretor desportivo e, agora, como treinador da equipa principal".

Frente ao Belenenses, o Vitória de Setúbal não pode contar com os lesionados André Pedrosa, Mikel Agu e Alex Freitas. Após cumprir um jogo de castigo, Rúben Micael volta a ser opção.

Vitória de Setúbal, 12.º classificado com 21 pontos, e Belenenses, sétimo com 29, defrontam-se na segunda-feira, às 20:15, no Estádio do Bonfim, em Setúbal, em partida da 21.ª jornada da I Liga.


A informação mais vista

+ Em Foco

Entre 1999 e 2002 nasceram três novos bairros. Passadas duas décadas, muitos residentes dizem-se abandonados.

Entrevista da correspondente da RTP em França, Rosário Salgueiro.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.