Reinaldo Ventura aposta no futuro

| Hóquei

Reinaldo Ventura entrevistado pela jornalista Cláudia Martins
|

Um dos melhores jogadores portugueses de hóquei em patins da atualidade confessou, em entrevista à Antena 1, que aposta em ser treinador no futuro próximo.

Aos 39 anos é um dos melhores jogadores da atualidade, tanto a nível de seleção como de clubes, e à jornalista Cláudia Martins confidenciou que apesar de ainda não estar a pensar em deixar de jogar, enquanto sentir que pode fazer a diferença, no futuro quer ser treinador e para isso está a fazer a sua formação.

Reinaldo Ventura joga hóquei desde os três anos e para além de jogador e treinador não se vê na pele de dirigente porque “é algo que não me seduz”.

Conhecido pela sua polivalência em campo e pelo seu fortíssimo remate de meia distância o internacional português prepara-se para jogar no Viareggio, de Itália, “à procura de novas experiências e métodos de trabalho”.

Em Portugal jogou no FC Porto e Óquei de Barcelos e reconheceu que o ano de 2016 foi muito bom para si porque “sai do FC Porto e fui para o Óquei de Barcelos onde conquistei a Taça CERS para além de ter voltado à seleção”.

O Mundial, a realizar na China, está aí à porta e o jogador fez uma antevisão muito positiva para a seleção e Portugal: “O nosso objetivo é ser campeão mas não sabemos o que nos espera na China, embora de antemão não nos espera uma tarefa fácil”.



Reinaldo Ventura ajudou o FC Porto a ganhar o deca-campeonato, conseguindo um marco histórico, pois entre 2001 e 2011, todos os títulos de campeão nacional foram ganhos pelo FC Porto. Para além destes 10 campeonatos ganhou mais dois na época de 1998/1999 e 1999/2000.

A nível nacional, para além de campeão nacional, ganhou nove supertaças António Livramento e oito Taças de Portugal.

A nível internacional, venceu a Taça CERS (1995/1996) e foi finalista do mesmo torneio (2001/2002). Para além disso, foi por quatro vezes finalista da Liga Europeia (2003/2004, 2004/2005, 2005/2006 e 2012/2013).

Integrou a seleção nacional que conquistou o título de Campeã de Mundo, em 2003, e foi campeão europeu em 2016.

A 18 de julho de 2016 foi feito Comendador da Ordem de Mérito.

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Um dos mais conceituados politólogos sul-coreanos revelou à RTP o modo de pensar e agir de Pyongyang.

    Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.