Judocas portugueses eliminados no Grande Prémio de Budapeste

| Judo

|

Portugal encerrou hoje a participação no Grande Prémio de Budapeste de Judo com as eliminações de Yahima Ramirez (-78 kg) e Jorge Fonseca (-100 kg), ao primeiro combate, e João Martinho (-90 kg) ao segundo.

Os 12 judocas portugueses que competiram em Budapeste desde sexta-feira não conseguiram resultados relevantes e ao último dia, destinado às categorias mais pesadas, João Martinho foi quem esteve melhor, ao chegar a um segundo combate.

O judoca de -90 kg começou por vencer por ippon Nautenaina Finesse, das Seychelles, mas perdeu no combate seguinte, com o sérvio Aleksandar Kukolj, vencedor do Grand Slam de Ecaterimburgo, também por ippon.

Yahima Ramirez saiu derrotada na estreia com a japonesa Mami Umek, por ippon, e Jorge Fonseca, candidato a medalhas, cedeu já no ponto de ouro, período de combate após os quatro minutos iniciais e em caso de empate, diante do letão Jevgenijs Borodavko.

Na sexta-feira, Telma Monteiro, medalha de bronze olímpica dos -57 kg, perdeu logo no primeiro combate, com a austríaca Sabrina Filzmoser.

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.

    É um desejo antigo do Homem poder tocar as estrelas. Um feito que parece ser agora "quase" alcançável através da missão espacial solar Parker.

      Entre as 21h00 de domingo e as 8h00 de segunda-feira, o mundo viu uma chuva de Perseidas, espetáculo habitual em agosto. Nos locais mais remotos, foi possível admirar melhor o fenómeno.

        Uma semana depois de as chamas deflagrarem em Monchique, a Proteção Civil deu o incêndio como dominado e em fase de resolução. Portugal volta a ser o país com mais área ardida na Europa.