FC Porto arranca em casa, Sporting, Braga e Vitória fora

por Lusa
Legenda da Imagem

O FC Porto é na quinta-feira a única portuguesa presente na fase de grupos da Liga Europa em futebol que atua em casa na primeira jornada, ao contrário de Sporting, Sporting de Braga e Vitória de Guimarães.

Os `dragões` recebem os suíços do Young Boys, enquanto os `leões` viajam à Holanda, para defrontar o PSV, os `arsenalistas` a Inglaterra, onde encontram o Wolverhampton, e os vimaranenses à Bélgica, para medirem forças com o Standard Liège.

No Grupo G, o FC Porto, na primeira presença na fase de grupos da Liga Europa desde o triunfo de 2010/11, é claramente favorito face aos campeões helvéticos, depois de uma vitória `fora de horas` no campeonato luso em Portimão (3-2).

Os `azuis e brancos`, que saíram da `Champions` ao caírem perante o Krasnodar na terceira pré-eliminatória, são terceiros na I Liga portuguesa, enquanto o Young Boys é segundo na Suíça e, no fim de semana, goleou fora por 11-2 para a Taça.

No outro encontro do agrupamento, o históricos Rangers e Feyenoord encontram-se em Glasgow, sendo que ambos os encontros estão agendados para as 20h00.

O Grupo D joga-se mais cedo, pelas 17h55, e o Sporting tem pela frente o jogo teoricamente mais complicado, no reduto do PSV Eindhoven, no segundo embate sob o comando de Leonel Pontes, que se estreou com um empate 1-1 no reduto do Boavista, no domingo.

O sucessor de Marcel Keizer fez cinco alterações em relação ao último `onze` do holandês (2-3 com o Rio Ave, em 31 de agosto), mas todas forçadas, face ao castigo de Coates, às lesões de Vietto e Luiz Phellype e às vendas de Thierry Correia e Raphinha.

As novidades foram Neto, Borja, Plata e os estreantes Rosier e Bolasie, sendo que, na segunda parte, ainda cumpriram o primeiro jogo pelos `leões` Jesé e Rafael Camacho.

É, assim, numa espécie de segunda pré-temporada que o Sporting viaja a Eindhoven, onde o espera o segundo classificado da Liga holandesa, em igualdade com o líder Ajax, e um jogador muito inspirado: Donyell Malen marcou cinco no 5-0 ao Vitesse.

A Áustria é o palco do outro encontro do agrupamento, com o LASK, segundo no seu campeonato, após o 2-0 na casa do Sturm Graz, a receber o Rosenborg, apenas quarto no campeonato norueguês, a 10 pontos do líder, já após 21 jornadas.

À mesma hora dos `leões`, o Vitória de Guimarães enfrenta, ao contrário dos lisboetas, a sua deslocação menos complicada, a única em que parece possível pontuar, no reduto do Standard Liège, ainda assim o moralizado líder do campeonato belga.

O conjunto de Liège vem de um triunfo por 4-1 na casa do Ostende, enquanto os minhotos também estão num bom momento, depois de uma goleada por 5-1 na receção ao Desportivo das Aves, que significou o primeiro triunfo na I Liga lusa, depois de cinco europeias.

O outro encontro do Grupo F é, destacado, o mais aguardado da ronda, com a receção do Eintracht Frankfurt, semifinalista na época passada, depois de eliminar o Benfica, ao Arsenal, que só caiu na final, frente ao vizinho Chelsea (4-1).

O Sporting de Braga joga no Grupo K a partir das 20h00 e no reduto da equipa mais portuguesa no estrangeiro, o Wolverhampton, treinado por Nuno Espírito Santo e com os jogadores Rui Patrício, Rúben Vinagre, Rúben Neves, João Moutinho, Bruno Jordão, Pedro Neto e Diogo Jota, mais o ex-benfiquista Raúl Jiménez.

Os `Wolves` não têm estado bem no campeonato inglês, seguindo no 19.º posto, sem triunfos e com apenas três pontos após cinco rondas, mas, em Portugal, os `arsenalistas` não estão muito melhor, no 16.º, com apenas quatro também em cinco jogos.

Na Europa, os dois clubes chegaram, porém, à fase de grupos após percursos irrepreensíveis, os portugueses com quatro triunfos em quatro jogos, dois perante o Spartak Moscovo, e os ingleses com seis em seis, dois para eliminar o Torino.

Tópicos