Félix da Costa abandona Grande Prémio de França de Fórmula E após acidente

| Outras Modalidades

|

O português António Félix da Costa (Amlin Andretti) abandonou hoje o Grande Prémio de França, sexta prova do Mundial de Fórmula E, depois embater no brasileiro Lucas di Grassi (Audi), na 20.? das 49 voltas ao circuito.

Depois de ter sido nono no Grande Prémio do Mónaco, há uma semana, hoje, o piloto português acabou fora da corrida, ao embater em di Grassi, pilloto que ainda trocou de carro e prosseguiu a corrida, mas viria a abandonar após novo acidente.

O abandono do brasileiro beneficiou diretamente o suíço e antigo piloto de Fórmula 1 Sebastian Buemi (Renault), que venceu a corrida e viu ampliar a distância para Grassi, o seu mais direto perseguidor no topo da classificação do campeonato (tem agora uma vantagem de 43 pontos).

Em segundo lugar na prova de hoje ficou o estreante argentino José Maria 'Pechito' López (Virgin), que beneficiou do despiste do francês Jen-Eric Vergne, quinto lugar no campeonato.

O pódio do Grande Prémio de França ficou completo com o alemão Nick Heidfeld (Mahindra Racing).

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 260 episódios, o projeto chegou às mais diversas áreas: saúde, engenharias, astronomia, tecnologia, química, história, filosofia, desporto ou geografia.

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.