Frederico Morais supera repescagem na etapa portuguesa do circuito de surf

| Outras Modalidades

|

O português Frederico Morais qualificou-se hoje para a terceira eliminatória da etapa de Peniche do circuito mundial de surf, ao vencer o norte-americano Nat Young, na repescagem.

Na praia de Supertubos, em Peniche, ‘Kikas’, 13.º do ranking mundial, conquistou 5,03 pontos (2,83 e 2,2), contra 2,87 (1,57 e 1,3) de Young, 29.º do circuito e finalista da prova portuguesa em 2013, no sexto ‘heat’ da segunda eliminatória.

O surfista natural de Cascais juntou-se ao compatriota Vasco Ribeiro, que participa como wild card e que no sábado avançou para esta ronda ao derrotar o australiano Owen Wright, quarto da hierarquia, também na repescagem.

A competição arrancou hoje com a qualificação do norte-americano Kolohe Andino para a terceira eliminatória, fase para a qual também já estavam apurados os australianos Mick Fanning, Julian Wilson, Matt Wilkinson, Ethan Ewing, Josh Kerr, Jack Freestone e Joel Parkinson, o italiano Leonardo Fioravanti, o sul-africano Jordy Smith, os havaianos John John Florence e Sebastian Zietz, os brasileiros Miguel Pupo, Gabriel Medina e Adriano de Souza e Michel Bourez, da Polinésia Francesa.

O período de espera do Meo Rip Curl Pro Portugal decorre até 31 de outubro.

Tópicos:

Frederico Morais, Peniche, Surf,

Pesquise por: Frederico Morais, Peniche, Surf,

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Doze meses depois da eleição presidencial de 8 de novembro de 2016, com Donald Trump ao leme da Casa Branca, os Estados Unidos mudaram. E o mundo afigura-se agora mais perigoso.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.