Golfe:Óbidos International Open temporal não trava espanhol David Borda

| Outras Modalidades

David Borda tenta meter a bola no 'put'
|

O espanhol David Borda é o novo líder provisório do 1.º Obidos International Open, um torneio do Alps Tour, de 30 mil euros em prémios monetários, organizado pelo Portugal Pro Golf Tour

Só 55 dos 120 jogadores conseguiram fechar o segundo dia com os 36 buracos cumpridos e três participantes optaram mesmo por desistir por não terem vontade de enfrentar o temporal, entre os quais o espanhol Miguel Angel Jiménez, filho e homónimo do famoso ex-campeão do Open de Portugal.

«Foi um dia muito comprido. Jogámos os quatro primeiros buracos em condições muito duras de água e de vento, mas eu consegui fazer 2 birdies apesar da situação (nos buracos 10 e 11, os seus dois primeiros), o que foi incrível. Soltei-me, continuei a jogar bem, a “patar” bem, e o resultado de 69 pancadas, 3 abaixo do Par, é muito bom nestas condições», disse David Borda, que totaliza 5 pancadas abaixo do Par, depois das 70 (-2) de ontem.


David Borda, é o 5.º classificado na Ordem de Mérito do Alps tour depois de dois top-10 nos torneios anteriores no Egito, está em boa forma e no Guardian Bom Sucesso Golf dispõe de 2 pancadas de vantagem sobre três jogadores: o holandês Lars van Meijel (73+68), o francês Guillaume Cambis (70+71) e o italiano Michele Ortolani (71+70).

O português Rui Morris, que liderava ontem, mantém para já a classificação de 4 abaixo do Par que lhe dá o 2.º lugar provisório

Tópicos:

PGA; Alp Tour; Golfe,

Pesquise por: PGA; Alp Tour; Golfe,

A informação mais vista

+ Em Foco

O antigo procurador-geral da República do Brasil revelou à RTP que já recebeu várias ameaças de morte e defendeu uma reforma profunda do sistema político brasileiro.

Quando Ana Paula Vitorino indicou Lídia Sequeira, a economista ainda era gerente da sua empresa, o que viola a lei em matéria de incompatibilidades e o dever de imparcialidade.

Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

    O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.