Portugal bate Polónia no arranque da final da Liga Europeia de futebol de praia

| Outras Modalidades

Legenda da Imagem
|

A seleção portuguesa venceu hoje a Polónia por 6-4, no primeiro jogo da superfinal da Liga Europeia de futebol de praia, que se joga até domingo em Terracina, Itália.

Ziober abriu o marcador para os polacos, que estiveram em bom plano no primeiro período, com Léo Martins a fazer o 1-1, seguido de nova vantagem polaca por Friszkemut, com Rui Coimbra a empatar o primeiro período.

A superioridade da formação lusa tornou-se mais evidente com o decorrer do jogo, com Bê Martins a apontar dois golos, com tentos ainda para Bruno Torres e Jordan Santos, sendo que Gac e Kubiak reduziram, já no último tempo, para a Polónia.

"Foi um jogo muito difícil, como prevíamos. Sabíamos que íamos defrontar uma equipa muito forte fisicamente. Em termos técnicos, a Polónia também tem bons jogadores, que executam bem. Foi uma vitória suada, mas muito saborosa", resumiu o selecionador, Mário Narciso, em declarações ao sítio oficial da Federação Portuguesa de Futebol na Internet.

Na sexta-feira, pelas 15:00 (hora de lisboa), Portugal defronta a Suíça, antes do jogo de sábado com a Espanha, que poderá determinar o vencedor do grupo A e consequente apuramento para a final, a disputar no domingo, na qual estará também o primeiro classificado do grupo B.

Portugal procura chegar a uma inédita sexta vitória na competição.


A informação mais vista

+ Em Foco

Na Grande Entrevista da RTP, o ministro João Matos Fernandes lamentou que os problemas ambientais sejam muitas vezes menorizados.

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.