Portugal perde com a Bélgica e falha regresso ao segundo escalão europeu do râguebi

| Râguebi

|

Portugal falhou hoje o regresso ao segundo escalão da râguebi a nível europeu, ao perder com a sua congénere da Bélgica, por 29-18, em jogo realizado no Estário Rei Balduíno, em Bruxelas.

No 'play-off' que opôs o último classificado do Rugby Europe Championship, a Bélgica, ao primeiro do Rugby Europe Trophy, Portugal, a equipa da casa colocou-se em vantagem aos sete minutos, com ensaio e respetiva conversão.

A reação de Portugal chegou quase aos 20 minutos de jogo, numa altura em que a Bélgica já ganhava por 14-0, com ensaio de Vasco Fragoso Mendes e posterior conversão de Pedro Ávila, que marcaria novamente aos 24 minutos, colocando o resultado em 14-12.

A vantagem para Portugal chegou aos 34 minutos, de novo através de Pedro Ávila, desta vez num pontapé de penalidade, a fixar em 14-15 o resultado que se verificava no final da primeira parte.

Na segunda metade, a Bélgica entrou bem, invertendo o resultado para 21-15, com Portugal a reduzir novamente aos 17 minutos, por Pedro Ávila, para 21-18.

Até ao final da partida, no entanto, a Bélgica conseguiu voltar a ampliar a vantagem, fixando o resultado final em 29-18, com mais um ensaio e respetiva transformação.

Ao falhar a vitória no 'play-off', Portugal permanece assim no terceiro escalão do râguebi europeu (Europe Trophy).

A informação mais vista

+ Em Foco

Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

    Veja ou reveja aqui os debates na RTP com os candidatos às presidências das câmaras municipais das 18 capitais de distrito de Portugal Continental. A série é transmitida até 14 de setembro.

      Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A Antena 1 fixa o país em duas dezenas de retratos no caminho para as eleições autárquicas.

        A Alemanha aproxima-se da data do escrutínio de 24 de Setembro com uma economia próspera: muita exportação, muita construção, receitas fiscais abundantes, orçamentos públicos excedentários. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.