Lefebvre sofre acidente e dois furos na terceira especial

| Rali de Portugal

Imagem geral da prova
|

O francês Stéphane Lefebvre sofreu esta sexta-feira um acidente na terceira classificativa do Rali de Portugal, sexta prova do Campeonato do Mundo, em Caminha, que provocou danos no seu Citroën C3 e ainda dois pneus furados.

"Numa parte rápida, perdi a traseira e bati num monte. Demos uma volta. Tenho dois pneus furados e apenas um suplente", lamentou o 11.º do Mundial, que partiu do oitavo lugar para o segundo dia da prova.

Lefebvre ainda terminou a especial, cedendo 2.36 minutos para o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris), que foi o mais rápido nos 18,1 quilómetros da classificativa, liderando o rali, e saiu à hora prevista para a quarta especial, em Ponte de Lima.

"O Lefebvre teve um grande acidente. Eu também quase me despistei no mesmo sítio", referiu o norueguês Mads Ostberg (Ford Fiesta), que partiu para o troço de Caminha depois do francês da Citroën.

A informação mais vista

+ Em Foco

A Redação da RTP votou sobre as figuras e acontecimentos mais destacados, a nível nacional e internacional. Veja aqui as escolhas.

    O embaixador russo em Lisboa afirma, em entrevista à RTP, que as declarações e decisões de Donald Trump sobre Jerusalém podem incendiar todo o Médio Oriente.

    Rui Rosinha, bombeiro de Castanheira de Pêra, sofreu queimaduras de terceiro grau e esteve dez horas à espera de ser internado. Foi operado 14 vezes e regressou a casa ao fim de seis meses.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.