Lefebvre sofre acidente e dois furos na terceira especial

| Rali de Portugal

Imagem geral da prova
|

O francês Stéphane Lefebvre sofreu esta sexta-feira um acidente na terceira classificativa do Rali de Portugal, sexta prova do Campeonato do Mundo, em Caminha, que provocou danos no seu Citroën C3 e ainda dois pneus furados.

"Numa parte rápida, perdi a traseira e bati num monte. Demos uma volta. Tenho dois pneus furados e apenas um suplente", lamentou o 11.º do Mundial, que partiu do oitavo lugar para o segundo dia da prova.

Lefebvre ainda terminou a especial, cedendo 2.36 minutos para o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris), que foi o mais rápido nos 18,1 quilómetros da classificativa, liderando o rali, e saiu à hora prevista para a quarta especial, em Ponte de Lima.

"O Lefebvre teve um grande acidente. Eu também quase me despistei no mesmo sítio", referiu o norueguês Mads Ostberg (Ford Fiesta), que partiu para o troço de Caminha depois do francês da Citroën.

A informação mais vista

+ Em Foco

Veja ou reveja aqui os debates na RTP com os candidatos às presidências das câmaras municipais das 18 capitais de distrito de Portugal Continental. A série é transmitida até 14 de setembro.

    Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A Antena 1 fixa o país em duas dezenas de retratos no caminho para as eleições autárquicas.

      Sem possibilidade de receber os ordenados em euros ou de pagar as contas em Portugal, muitos recorrem ao mercado negro para trocar dinheiro.

      É portuguesa a única equipa do mundo que faz o despiste genético de cancro do estômago. Os investigadores viram agora renovado o financiamento.