Olhanense aposta num bom espetáculo frente ao Benfica

| Taça de Portugal

Os adeptos do Olhanense terão de deixar a "sua" casa para apoiar a equipa
|

O presidente do clube algarvio, Isidoro Sousa, expressou na Antena 1 o desejo de que o jogo Olhanense-Benfica para a Taça de Portugal seja um bom espetáculo e uma verdadeira festa do futebol.

Olhanense e Benfica jogam este sábado, a partir das 19h00, no Estádio Algarve, em jogo da terceira eliminatória da Taça.

Isidoro Sousa mostra-se consciente de que não será fácil enfrentar uma equipa que é tetracampeã e adiantou: “Nós temos as nossas limitações e tentaremos fazer o melhor. Que seja um bom espetáculo com ‘fair-play’”.

Apesar das diferenças entre as duas equipas o dirigente do clube algarvio, em declarações ao jornalista Nuno Matos, garantiu: “Vamos tentar fazer o melhor resultado. Era importante para o Olhanense passar esta eliminatória. Contamos com a galvanização dos nossos jogadores”.



Sobre o apoio que a equipa poderá ter no Estádio Algarve, casa emprestada do Olhanense neste jogo, o presidente do clube mostrou-se resignado e fez um apelo aos adeptos: “Não é fácil mudar de casa, os nossos sócios gostariam que a equipa jogasse no Estádio José Arcanjo mas a verdade é que a receita no Estádio Algarve será superior. Apelo aos sócios e adptos para apoiarem a equipa”.

A propósito do atual estado das duas equipas, um Benfica em crise e um Olhanense em alta no campeonato de Portugal, Isidoro Sousa opta por ser realista ao afirmar: “A crise no Benfica é falsa e passageira e o Olhanense mesmo a jogar bem ainda está a uma longa distância do nosso adversário”.

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        A Austrália enfrenta a maior seca de que há memória, afetando agricultores e criação de gado.