Ricardo Cravo quer surpreender o Vitória de Setúbal

| Taça de Portugal

Ricardo Cravo promete surpreender o V. Setúbal
|

O treinador estreia-se, este domingo, à frente da equipa do Pinhalnovense que defronta o V. Setúbal, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal, em futebol, e aposta na vitória frente aos sadinos.

Ricardo Cravo, de 53 anos, é o novo treinador do Pinhalnovense, 5º classificado da Série E do Campeonato de Portugal, e o homem escolhido pela SAD do Pinhalnovense para orientar a sua equipa.

O técnico já trabalhou este ano na República da Irlanda e China e sobre o embate com o vizinho V. Setúbal, em declarações ao jornalista da Antena 1 João Gomes Dias, revelou o ambiente que se vive no Pinhal Novo: “Será um jogo que trará muitos adeptos dos dois clubes ao nosso estádio o que em termos financeiros será benéfico”.



No plano desportivo Ricardo Cravo recusa baixar os braços antes do início do jogo e encara a partida com frontalidade: “Respeitamos o V. Setúbal mas temos uma equipa jovem, vamos ser ambiciosos e tentar ganhar”.

Esta ambição na opinião o treinador é extensiva à massa associativa: “Os nossos adeptos acreditam que é possível ganhar e nós trabalhámos esta semana com humildade, determinação e crer para tentar vencer o jogo”.

Sobre o desafio que o espera o técnico tem ideias claras e mencionou-as: “Queremos fazer um campeonato tranquilo e garantir rapidamente manutenção. Temos 3/4 jogadores que podem chegar à I Liga”.

A informação mais vista

+ Em Foco

Quando Ana Paula Vitorino indicou Lídia Sequeira, a economista ainda era gerente da sua empresa, o que viola a lei em matéria de incompatibilidades e o dever de imparcialidade.

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

      Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.