Organização do Mundial de Trail em Miranda do Corvo destaca impacto na região

| Atletismo

|

A organização do Abutres 2019 Trail World Championships, que se realiza em junho em Miranda do Corvo, considerou hoje que a prova vai ser um momento "histórico" para a região centro e para o país.

Numa cerimónia realizada esta noite na Casa das Artes de Miranda do Corvo, o presidente da organização, Tiago Araújo, destacou o grande número de pré-inscrições (cerca de 2.000) para a prova aberta, que tem um milhar de vagas disponíveis para a competição e que obrigou a um sorteio realizado durante a cerimónia.

"Vai ser um momento histórico e inimaginável", salientou o responsável, que preside à Associação Abutrica, que candidatou os Trilhos dos Abutres, em plena Serra da Lousã, à organização do Campeonato do Mundo, juntamente com a Federação Portuguesa de Atletismo, a International Trail Running Association e a International Association of Ultrarunners.

José Carlos Santos, vice-presidente da International Trail Running Association, frisou que Portugal vai fazer história no trail ao tornar-se no primeiro país a organizar, num espaço de quatro anos, dois campeonatos mundiais.

Em 2016, o Mundial de 'trail running' foi disputado no Parque Nacional Peneda-Gerês.

O Abutres 2019 Trail World Championships tornará Portugal no centro do mundo do trail, entre 06 e 09 de junho. A sessão de abertura está prevista para o dia 06, na Praça 8 de Maio, em Coimbra, enquanto a sessão de encerramento decorrerá na Praça José Falcão, em Miranda do Corvo, em 09 de junho.

A corrida de seleções realiza-se em 08 de junho, reunindo a elite mundial para consagrar os novos campeões do mundo em masculinos, femininos e equipas, entre os 500 atletas previstos.

A prova aberta, que representa a concretização da nona edição do Ultra Trilho dos Abutres, disputa-se no dia 09 e receberá cerca de 1.000 atletas.

As provas vão contar com uma distância de 44 quilómetros, num percurso circular com um desnível positivo de cerca de 2.150 metros.

Além de mobilizar um total de 1.500 atletas, a organização prevê receber cerca de 20 mil visitantes ao longo dos quatro dias do evento.

A informação mais vista

+ Em Foco

Meio século depois, o Parlamento soviético dos finais da Guerra Fria repudiou o Pacto. Decorridos mais 30 anos, Putin quer reabilitá-lo.

    A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.