Basquetebol. Portugal bate Islândia e corre para o Euro2021

por Mário Aleixo - RTP
A seleção portuguesa continua a dar passos seguros a caminho da fase final do Euro2021 Facebook

A seleção portuguesa de basquetebol manteve intactas as aspirações de apuramento para o Europeu de 2021, ao bater a Islândia por 80-79 no encontro da segunda jornada da terceira fase de pré-qualificação disputado em Sines.

Com Jeremiah Wilson em evidência (20 pontos, 4 ressaltos e 2 roubos de bola), Portugal esteve na frente do marcador desde os 17 minutos (39-38) e chegou ao intervalo em vantagem (43-41), mas acabou por ter a estrelinha da sorte do seu lado após permitir aos islandeses recuperarem de uma desvantagem de 11 pontos (76-65) a menos de seis minutos do final.

Já dentro do último minuto de jogo, com 78-77 para Portugal, Miguel Cardoso errou dois lançamentos da linha de lance livre e os islandeses voltaram ao comando (78-79), valendo o sangue frio de Pedro Pinto a fechar o resultado a três segundos do apito final.
Forte entrada dos islandeses
A Islândia entrou forte no jogo e por via da eficácia inicial nos lançamentos triplos chegou com facilidade a uma vantagem de oito pontos (4-12), mas a boa reação de Portugal permitiu à seleção terminar o primeiro período do encontro na frente (27-23), apesar de uma fase onde a eficácia deixou um pouco a desejar.

O segundo período foi em tudo semelhante, com os islandeses a alcançarem um parcial inicial de 4-13 para inverter o marcador para 31-36, mas uma nova reação positiva permitiu à equipa de Mário Gomes chegar ao intervalo na frente do marcador (43-41).

Após o intervalo, Portugal não voltou a deixar os islandeses fugir no resultado, ao contrário dos dois períodos anteriores, e por via de um parcial de 13-5 na segunda metade do terceiro período chegou mesmo a uma vantagem de sete pontos (65-58), a maior para a equipa portuguesa até então.

Portugal voltou a entrar bem no último período e chegou a dispor de uma vantagem de 11 pontos (76-65) a menos de seis minutos do final, mas um parcial de 2-14 na ponta final ainda permitiu aos islandeses voltaram ao comando no último minuto (78-79), valendo o cesto de Pedro Pinto a três segundos da buzina e o falhanço dos islandeses sob o cesto no último lance.

No rescaldo da partida o selecionador português, Mário Gomes, considerou a vitória justa mas escassa.


Suíça é o próximo alvo
A equipa portuguesa volta a jogar na quarta feira (14 de agosto), em Sines, frente à Suíça, adversário que precisa de bater por mais de cinco pontos de diferença em função da derrota (72-77) sofrida no sábado, em Friburgo, no desafio da primeira jornada do Grupo H, uma vez que apenas o vencedor do grupo segue para a frase seguinte de qualificação.

Caso consiga o apuramento, Portugal junta-se a Sérvia, Geórgia e Finlândia no Grupo E, no qual precisa de ficar à frente de sérvios ou finlandeses para atingir a fase final, na qual já está a formação georgiana, como uma das anfitriãs do Eurobasket.

O Europeu de 2021 realiza-se de 17 de agosto a 3 de setembro, na República Checa, Geórgia, Alemanha e Itália, com um total de 24 seleções.