Pelotão da Volta a França prepara acesso aos Alpes

| Ciclismo

Cristopher Froome arranca para a última semana da Volta a França na liderança
|

Depois do segundo e último dia de descanso desta Volta a França, passado em Le Puy-en-Velay, a histórica localidade situada na zona do Alto Loire, é esta terça feira o ponto de partida para uma etapa sem dificuldades para a despedida do maciço central e ao mesmo tempo véspera de novo dia complicado na alta montanha.

A etsapa do dia a 16ª na distância de165 km liga Puy-en-Velay a Romans-sur-Isére.

O “Tour” entra na última e decisiva semana de prova com Chris Froome de amarelo.

Na luta pela sobrevivência nos Alpes, principalmente nas próximas quarta e quinta feira, Fabio Aru, Romain Bardet e Rigoberto Uran são os ciclistas que mais podem incomodar o líder da Sky.

Fabio Aru é segundo a 18 segundos do líder, Romain Bardet terceiro a 23s e Rigoberto Uran quarto a 29s.

O único português em prova Tiago Machado está no 76º posto. O corredor da Katusha tem sido um dos motores do pelotão assumindo  o comando das etapas durante largos quilómetros. O próximo desafio do corredor é resistir à terceira semana da competição naquela que é a sua terceira presença corrida.

O corredor de Famalicão já correu o "Tour" por duas vezes tendo terminado na mesma posição (72º lugar), em 2014 e 2015.

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

      Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.