Sunweb vence contrarrelógio por equipas do Mundial de ciclismo

| Ciclismo

|

A equipa alemã Sunweb, liderada pelo holandês Tom Dumoulin, conquistou domingo pela primeira vez o título de contrarrelógio por equipas do campeonato do mundo de ciclismo de estrada, em Bergen, na Noruega.

A Sunweb concluiu os 42,5 quilómetros do percurso em 47.50 minutos, menos oito segundos do que a norte-americana BMC, segunda classificada, e menos 22 do que a britânica Sky, de Chris Froome, detentor do Tour e da Vuelta, terceira.

Além do vencedor do Giro, a Sunweb apresentou no 'crono' por equipas o australiano Michael Matthews, o alemão Lennard Kämna, o dinamarquês Sören Kragh Andersen e os holandeses Wilco Kelderman e Sam Oomen.

A Quick Step-Floors, que defendia o título, não foi além do quarto lugar, a 35 segundos da Sunweb, enquanto a Katusha Alpecin, com Tiago Machado, terminou no nono posto, a 01.46.

Já esta manhã, a equipa holandesa Sunweb, sob a liderança da norte-americana Coryn Rivera, tinha conquistado o título de contrarrelógio por equipas femininas, igualmente pela primeira vez.

A formação vencedora cumpriu o percurso em 55,41 minutos, à frente da também holandesa Boels-Dolmans, que gastou mais 12 segundos, e da alemã Cervélo-Bigla, que terminou no terceiro posto, a 28.

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

      Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.