Sunweb vence contrarrelógio por equipas do Mundial de ciclismo

| Ciclismo

|

A equipa alemã Sunweb, liderada pelo holandês Tom Dumoulin, conquistou domingo pela primeira vez o título de contrarrelógio por equipas do campeonato do mundo de ciclismo de estrada, em Bergen, na Noruega.

A Sunweb concluiu os 42,5 quilómetros do percurso em 47.50 minutos, menos oito segundos do que a norte-americana BMC, segunda classificada, e menos 22 do que a britânica Sky, de Chris Froome, detentor do Tour e da Vuelta, terceira.

Além do vencedor do Giro, a Sunweb apresentou no 'crono' por equipas o australiano Michael Matthews, o alemão Lennard Kämna, o dinamarquês Sören Kragh Andersen e os holandeses Wilco Kelderman e Sam Oomen.

A Quick Step-Floors, que defendia o título, não foi além do quarto lugar, a 35 segundos da Sunweb, enquanto a Katusha Alpecin, com Tiago Machado, terminou no nono posto, a 01.46.

Já esta manhã, a equipa holandesa Sunweb, sob a liderança da norte-americana Coryn Rivera, tinha conquistado o título de contrarrelógio por equipas femininas, igualmente pela primeira vez.

A formação vencedora cumpriu o percurso em 55,41 minutos, à frente da também holandesa Boels-Dolmans, que gastou mais 12 segundos, e da alemã Cervélo-Bigla, que terminou no terceiro posto, a 28.

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Doze meses depois da eleição presidencial de 8 de novembro de 2016, com Donald Trump ao leme da Casa Branca, os Estados Unidos mudaram. E o mundo afigura-se agora mais perigoso.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.