Sérgio Conceição satisfeito com plantel do FC Porto

| Futebol Nacional

Sérgio Conceição fez uma primeira avaliação pública do plantel da equipa do FC Porto para a época 2017/18
|

Sérgio Conceição está satisfeito com o plantel do FC Porto mas admite poder ir ao mercado para reajustamentos pontuais, afirmou o treinador na Cidade do México onde os "dragões" se encontram.

Sérgio Conceição garantiu estar "muito satisfeito com o plantel" que tem à sua disposição, mas admite poder ir ao mercado para reforçar a equipa de futebol do FC Porto.

Na primeira conferência de imprensa do treinador dos "dragões" em solo mexicano, onde a equipa vai disputar a Supercopa Tecate, Sérgio Conceição falou dos primeiros dias de trabalho e das impressões que já teve oportunidade de tirar do grupo disponível.

"Têm sido duas semanas muito boas de trabalho. Tem prevalecido aquilo que era base no ano passado. Quero ver alguns jogadores que estiveram emprestados que acho que têm qualidade para integrar o grupo. Temos já um plantel bem competitivo", salientou o técnico na véspera do jogo com os mexicanos do Cruz Azul.

Ainda assim, Sérgio Conceição não descarta a possibilidade de ir ao mercado para reforçar a equipa.

"Se acharmos que nos próximos tempos temos de ir ao mercado, estou em completa sintonia com a direção em relação ao que devemos fazer", disse ainda.



A base transita da época passada

Já com Herrera, Layún e Reyes integrados no plantel, e com 28 jogadores à disposição, o técnico da equipa azul e branca mostrou-se confiante no futuro.

"Neste momento temos 28 jogadores, grande ambição de conseguir os objetivos para esta época. Estou muito contente com o plantel que temos para esta época", reforçando a vontade em apostar na prata da casa.

"É óbvio que, face ao momento que o FC Porto atravessa financeiramente, temos de tentar ver ao máximo a qualidade... É que muitas das vezes não se dá o valor devido ao que temos em casa. Sinceramente, posso falar do Ricardo, do Hernâni, do próprio Marega, que são jogadores com qualidade para integrar o grupo. Espero que não saia ninguém daquela que foi a base da equipa do ano passado e que conseguiu ser competitiva até final. Passa por aí, com uma outra dinâmica e outras ideias... Acreditem, com estes jogadores, vamos dar muita luta aos rivais", disse ainda.

Sobre o reforço para a baliza Vaná, Sérgio Conceição foi perentório: "Sobre o Vaná foi um guarda-redes que tive oportunidade de seguir a época passada no Feirense. É um guarda-redes que pode ter um futuro muito interessante. Foi para tornar o lugar da baliza ainda mais competitivo e com mais qualidade. Estamos bem servidos e não implica nenhuma saída".


A informação mais vista

+ Em Foco

Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

    A deriva independentista do nacionalismo catalão está a revelar-se mais grave do que Madrid previa inicialmente. Temos posições que não permitem qualquer margem para diálogo e que conduziram o processo a um impasse.

    Um ensaio do LNEC e do Instituto Superior Técnico, no âmbito do KnowRisk, evidencia a importância da tomada de medidas preventivas. Veja os vídeos e compare os dois casos.

    A Alemanha aproxima-se da data do escrutínio de 24 de Setembro com uma economia próspera: muita exportação, muita construção, receitas fiscais abundantes, orçamentos públicos excedentários. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.