João Félix marca e assiste na vitória do Atlético de Madrid

por Mário Aleixo - RTP
João Félix já brilha com a camisola dos "colchoneros" Epa-Justin Lane

O jovem internacional português João Félix, que custou 126 milhões de euros, marcou um golo e ofereceu dois na histórica goleada do Atlético de Madrid ao Real Madrid (7-3), em encontro da Internacional Champions Cup em futebol.

No MetLife Stadium, em East Rutherford, o ex-jogador do Benfica ofereceu um "bis" a Diego Costa, que acabou com um "póquer" (1, 28, 45, de penálti, e 51 minutos) e expulso (65), e marcou outro (8), num embate em que alinhou 67 minutos, depois dos escassos 26, por culpa de uma lesão, na estreia, com o Numancia.

“Ganhar é sempre bom e a este rival é melhor ainda e tem um sabor especial. Vamos trabalhar sempre para fazer o melhor possível, para marcar o maior número de golos e sofrer o menor número de golos para podermos ganhar, que é sempre o nosso objetivo”, disse João Félix, garantindo que a vitória “dá mais confiança”, mas que a equipa continuará a trabalhar “da mesma forma e com os pés bem assentes na terra”.

O argentino Ángel Correa (19 minutos) e o suplente Vitolo (70) apontaram os outros golos dos "colchoneros", enquanto Nacho (60), o francês Karim Benzema (85, de penálti) e Javi Hernández (89) marcaram os golos dos "merengues", que saíram humilhados, mas que bem poderiam ter sofrido um desaire mais expressivo.

Com a ajuda de João Félix o Atlético de Madrid fez história nos Estados Unidos.