Jesus rejeita pressão de jogar após os rivais mas espera complicações em Chaves

| Sporting

Legenda da Imagem
|

O treinador do Sporting rejeitou este domingo que os 'leões' defrontem o Desportivo de Chaves na 26.ª jornada da Liga de futebol mais pressionados, depois dos resultados de FC Porto e Benfica, reconhecendo que será uma deslocação complicada.

"As equipas grandes estão sempre pressionadas, e nós jogamos sempre para ganhar. Esse problema não se coloca quando se está nestas três equipas, que estão sempre pressionadas para ganhar. Tem de ser assim, não vamos mais pressionados", começou por dizer, em conferência de imprensa.

Quanto ao adversário de segunda-feira, Jorge Jesus enalteceu as qualidades dos atletas orientados por Luís Castro, que gostam de "criar problemas" quando jogam em casa.

"Vamos ter um jogo difícil. O Chaves tem ideias de jogo, é (uma equipa) bem trabalhada, e jogar em Chaves não é fácil. Vamos apanhar uma equipa com bons jogadores, com criatividade e que gostam de criar problemas aos adversários", argumentou.

Sem os castigados Bruno Fernandes e Marcos Acuña, o técnico 'leonino' garantiu que dispõe de soluções à altura no plantel, mas não quis revelar nomes.

"Já decidi, teoricamente. Felizmente, temos várias alternativas, mas ainda tenho algumas dúvidas. Estamos tranquilos", declarou.

Contudo, o grande destaque na lista de convocados vai para o goleador holandês Bas Dost, que está recuperado de lesão, apesar de não estar nas melhores condições competitivas, segundo o treinador. A recuperar continuam o italiano Piccini e o costa-marfinense Doumbia.

Por fim, Jesus foi desafiado a apontar o jogador que mais se tem destacado na I Liga e que esteja contratualmente ligado aos 'leões'. Jorge Jesus não teve dúvidas em escolher Matheus Pereira, precisamente a atuar no Desportivo de Chaves desde o inicio da época, e que não pode defrontar o Sporting.

"O Matheus não teve uma adaptação fácil nos primeiros jogos. Melhorou muito na segunda volta e é aquele jogador que sabemos. Tem muita criatividade e fez-lhe bem sair do Sporting. Tenho a certeza de que, em termos de responsabilidade tática, vem mais competente, porque a qualidade e o talento sempre teve. É um jogador que vai ser o futuro do Sporting", concluiu.

Na segunda-feira, o Sporting, terceiro classificado, com 59 pontos, desloca-se ao Estádio Municipal de Chaves, pelas 19:00, para defrontar os flavienses, sextos, com 36, no encontro de encerramento da 26.ª jornada do campeonato.

A informação mais vista

+ Em Foco

A presidente do CNAPN diz que a chave está nos líderes das mesquitas e pede mais apoio do Alto Comissariado para as Migrações.

    Marco Aurélio de Mello considera que a prisão de Lula da Silva, após condenação em segunda instância, viola a Constituição brasileira.

      Sintra podia ser uma "mini Davos". A sugestão foi feita informalmente por um dos académicos que participou na reunião do BCE concluída em 20 de junho.

        Dados revelados no Digital News Report de 2018 do Reuters Institute.