"Arroz de pato no forno" representa Portugal na seleção gastronómica da União Europeia

O "arroz de pato no forno" representa Portugal na seleção gastronómica que está a ser promovida pela Delegação da União Europeia na China como mais uma manifestação da "diversidade da Europa".

"O bacalhau era a escolha óbvia, mas aqui não há bacalhau", explicou uma colaboradora da Embaixada portuguesa em Pequim que esteve ligada à iniciativa.

Coincidindo com o V Festival de Cinema da UE na China, que decorre até ao final de novembro em quatro cidades chinesas, a Delegação da UE lançou uma colectânea de 27 receitas culinárias, uma por cada Estado membro, intitulada "Tasty Europe" ("Europa Apetitosa").

"Tal como na China, a comida é uma parte central da civilização, da cultura e da vida familiar na Europa", diz a publicação.

As receitas, escritas em inglês e chinês, são ilustradas com uma fotografia do respetivo prato, que no caso português é de barro e com três rodelas de chouriço sobre o arroz.

Paulo Quaresma, `chef` do único restaurante português de Pequim, chamado "Camões", aplaudiu a escolha: "Pato e arroz, na China, é o casamento perfeito".

"É um dos nossos pratos com mais saída e que os clientes mais apreciam", disse.

A França também escolheu o pato, mas com sumo de laranja.

A "Tortilha" representa a Espanha, a Itália avançou com uma das suas massas, "ragù à bolonhesa", e do Reino Unido vêm batatas fritas com filetes de peixe.

Alemanha, Áustria, Bélgica, Eslovénia, Finlândia, República Checa e Roménia optaram pelos doces e outras sobremesas; Bulgária, Lituânia, Luxemburgo e Polónia concorrem com sopas; Dinamarca e Estónia apresentaram pratos à base de carne de porco.

Chipre, Irlanda, Malta e Letónia também propõem pratos de carne.

A Holanda oferece bolachas e a Eslováquia aposta num puré de batata com queijo.

Também não faltam, evidentemente, a "moussaka" grega, o "goulash" húngaro e as almôndegas suecas.

"Bon Appétit!", recomenda a Delegação da UE, em francês.

No referido festival de cinema, um certame com 26 filmes, destinado a mostrar a diversidade cultural da UE, Portugal está representado por "Alice", do realizador Marco Martins.

A União Europeia é o maior parceiro comercial da China.

TAGS:Bulgária Lituânia Luxemburgo, Checa, Chipre Irlanda Malta, Dinaca, Pequim, Quaresma,

  • .Corrigir
  • .Leia-me
  • .Imprimir
  • .Enviar
  • .Partilhar
  • .Aumentar
  • .Diminuir