Curso de Cultura Geral (II)

João Pinto Coelho, Helena Vasconcelos e Luís Barreiros | 04 Mar, 2018 | Episódio 7

Partilhar este episódio
Posição Corrente: minutos e segundos
Ir para o Minuto:
Play - Curso de Cultura Geral

Curso de Cultura Geral (II)

João Pinto Coelho, Helena Vasconcelos e Luís Barreiros | 04 Mar, 2018 | Episódio 7

Há um aforismo famoso de Picasso que diz: eu não procuro, eu encontro. Quando falamos de cultura, é interessante pensar nos encontros que vamos tendo, nos que se revelam determinantes, nos que desencadeiam novas procuras e novos encontros. Mas isto implica uma disponibilidade para o que se encontra, implica não estar cego numa específica procura, uma abertura ao novo, ao estranho, ao diferente, até àquilo de que não gostamos.
Com os convidados desta emissão vou falar de procuras e encontros, de um mapa que vai sendo trilhado. Vou falar com João Pinto Coelho, que se formou em arquitetura, é professor numa escola secundária em Trás os Montes, e é escritor; o seu primeiro livro Perguntem a Sarah Gross foi considerado um dos melhores livros do ano em 2016; com Os Loucos da Rua Mazur ganhou o último prémio Leya. Helena Vasconcelos é crítica literária, coordena a comunidade de leitores da Culturgest, a sua estreia na ficção aconteceu com um livro de tributo a Jane Austen, Não Há Tantos Homens Ricos como Mulheres Bonitas Que os Mereçam. Luís Barreiros é diplomata, viveu em Nova Iorque, Boston, Maputo, Bagdad, Zagreb, Havana. Com a mãe aprendeu a gostar de ler, nas colónias de férias em França e na escola em Inglaterra aprendeu as línguas dos outros, e os conhecimentos que estas transmitem.

Convidados: João Pinto Coelho, Helena Vasconcelos e Luís Barreiros
Regressa à RTP2 o Curso de Cultura Geral, com autoria e apresentação de Anabela Mota Ribeiro. A estrutura do programa mantém-se: três convidados discutem sobre experiências de cultura, objectos, autores, obras de arte que foram importantes na sua construção pessoal. Nessa discussão interrogam a noção de cultura geral, os encontros, detonações, acasos felizes e férteis. São pessoas de diferentes áreas, faixas etárias variadas, duas brasileiras, uma russa, portugueses, que trazem para a esfera da conversa elementos tão singulares como as suas personalidades. De uns, vêm viagens, de outros a, a aventura de ler Grande Sertão: Veredas em voz alta, fala-se de obras de banda-desenhada, clássicos de Dostoievski e Tolstoi, feminismos de Virginia Woolf ou Chimamanda, experiências de carácter nacional, como passar pelo 25 de Abril durante a juventude.
Uma vez mais, a paridade de género foi tida em conta, mantendo o mesmo número de mulheres que o de homens na escolha dos convidados; e novamente há uma mistura de pessoas conhecidas do grande público e outras anónimas. A entrada neste Curso é livre e a aprendizagem e partilha de ideias são altamente encorajadas. Seja bem vindo!