Maldição de Bela Guttman contada por António Simões

O antigo extremo-esquerdo que esteve na final de Amesterdão de 2 de maio de 1962, faz hoje 51 anos, em que o Benfica venceu o Real Madrid por 5-3, lembrou a "maldição de Bela Guttman", segundo a qual o clube da Luz nunca mais venceria uma competição europeia e até agora...

O ex-futebolista dos encarnados contou: "Bela Guttman queria continuar no Benfica. Para aquele tempo e com o estatuto que tinha conseguido, ao ter ganho duas Taças dos Clubes Campeões Europeus (TCCE) e títulos nacionais, foi exuberante na exigência de um contrato extremamente elevado. O Benfica teve grandes dificuldades em lhe pagar o prémio da Taça dos Campeões. Quando ele chegou ao Benfica disse que queria pôr um prémio se ganhasse a TCCE. O Benfica disse que sim pensando que seguramente não íamos ganhar. Aconteceu que ganhámos e depois foi um problema para lhe pagar. E portanto houve algumas dificuldades de corresponder às exigências de Bela Guttman. Não ficou. Foi-se embora e disse: 'Senor não mais ganhar taça dos campeões europeus e vou embora'. E criou essa maldição".

  • .Corrigir
  • .Leia-me
  • .Imprimir
  • .Enviar
  • .Partilhar
  • .Aumentar
  • .Diminuir